Ugly Dolls

mmPostado por

Existem desenhos animados feitos para entreter e existem outros que além de entreter, traz aquela pontinha de questionamento a cerca do que acontece na sociedade. Ugly Dolls, em cartaz no Amazon Prime, é um desses casos.

Ugly Dolls
foto encontrada em adorocinema.com

Vamos de sinopse?

Tudo começa mostrando o que acontece, em uma fábrica, quando os brinquedos criados apresentam defeito. Eles são descartados mas o que essa fábrica não sabe é que essa área de descarte se tornou uma cidade chamada Ugly Ville (Vila dos Feios). Moxy é uma boneca que a fábrica julgou se defeituosa e vive por lá mas sempre com a esperança que um dia vai para o lar de uma criança.

Seus amigos tentam convencê-la que Ugly Ville é o única lugar que eles vão viver mas ela sente que tem um propósito maior além dos muros dessa cidade e decide sair em busca do lar dessa criança. Durante essa viagem eles descobrem o Instituto da Perfeição, que é onde os bonecos são preparados para sair da fábrica em direção às lojas.

Como é de se esperar, Moxy e seus amigos por não estarem no padrão estabelecido de perfeição são rejeitados pelos bonecos do instituto, especialmente Lou, que seria uma espécie de boneco supervisor e que decide como os bonecos vão parecer, qual será sua profissão e para onde seguirão depois da fábrica.

Moxy, então, decide desafiar os padrões estabelecidos por Lou e provar que tem sim lugar para todos e que existe uma criança que vai ficar encantada com ela e com seus amigos.

O que eu achei de Ugly Dolls

Tirando a cantoria que tem a cada momento (sim, esse é um desenho um tanto quanto musical), a animação traz um bom questionamento sobre o que seria bonito ou aceitável, e que padrões podem sim ser quebrados.

“É! Vamos embonecar.

Bem que isso não poderia ser preciso;

Eu me embonequei, estou presa em um papel que eu não determino;

Se eu pudesse escolher, seria um outro alguém;

Seria um novo alguém;

Alguém melhor para mim.”

Ele também fala sobre o que seria o destino de cada um e se os seus sonhos deveriam ser escolhidos por você e não determinado por outras pessoas.

“Não deixe o temos vencer;

Você sabe muito bem quem você é;

Mostre o seu poder”

A animação, de 2019, pelo que pesquisei na internet não foi lá muito bem recebida pela crítica mas eu, particularmente, achei que tanto a história, como a narrativa e os elementos que compõe esse desenho foram bem trabalhados e apresentou, de forma criativa e divertida, um tema que deve ser sempre debatido com as crianças e revistos pelos adultos. Também merece destaque a trilha sonora original que contou a participação de grandes artistas como Kelly Clarkson, Janelle Monáe e Lizzo.

Convido você a assistir Ugly Dolls e tirar suas conclusões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *