Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba

mmPostado por

Há algumas semanas atrás meu namorado falou que o anime Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba ia ganhar uma continuação nos cinemas e me motivou a conhecer a história, que estava disponível no Netflix.

Confesso que não achei que iria gostar tanto mas eu maratonei os 26 episódios em menos de uma semana. Achei bem interessante a mistura de comédia, ação e drama e a narrativa é realmente impecável.

imagem encontrada em sucodemanga.com.br

Uma breve sinopse

O enredo gira em torno de Tanjiro, um jovem que vive com sua mãe e irmãos em um lugar afastado do seu vilarejo e que ajuda no sustento da família.

Um dia Tanjiro foi para esse vilarejo vender carvão e, na volta, como estava de noite e muito frio, um dos habitantes convidou o rapaz para jantar e passar a noite em sua casa, já que seria perigoso ele subir à montanha porque ele poderia encontrar um demônio e este poderia o devorar. Os demônios são monstros, semelhantes aos vampiros. Na manhã seguinte, ao voltar, Tanjiro se depara com um cenário de terror em sua casa, com toda a sua família morta por demônios e sua irmã, Nezuko, infectada e transformada em um demônio.

Tanjiro, então, sai em busca de encontrar uma forma de fazer Nezuko voltar a ser humana e acaba descobrindo que existe um grupo muito poderoso que luta contra essas demônios e que estão sempre procurando e doutrinando novos caçadores para que o legado continue e que esses monstros sejam totalmente aniquilados.

Durante os episódios vemos Tanjiro enfrentar de um tudo pelo amor que tem pela sua irmã e isso vai despertar a ira de Muzan Kibutsuji, que seria uma espécie de mestre dos demônios e que vai impedir a todo custo que o nosso herói triunfe (“impedir” leia-se tirar sua vida mesmo).

O que eu achei Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba

Eu tenho uma particularidade quando se trata de animes: para mim tem que ter um toque de comédia se não é difícil eu continuar assistindo. Acho que Erased (que já ganhou resenha por aqui) e mais recentemente Yasuke (que ainda vai ganhar seu espaço nesse blog, aguarde) foram as únicas exceções porque todos os outros que eu já gostei muito tem um pouco de comédia, como Yuyu Hakusho, Pokémon e Sailor Moon.

Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, como citei acima, tem uma narrativa muito bem amarrada. A gente consegue acompanhar direitinho a saga de Tanjiro sem perder nenhum fator importante. A veia dramática vai muito pelos flash backs que o menino tem e também os dos demônios, em que descobrimos seu passado como humanos e a razão que os fizeram sucumbir à maldade.

Também merece um destaque os personagens coadjuvantes que tem papel importantíssimo na trama. Além da irmã de Tanjiro, a Nezuko, que a gente vê o quanto ela luta para manter seu lado humano e não ceder ao seu lado demônio, temos também dois personagens que são sensacionais: Zenitsu Agatsuma e Inosuke Hashibira.

Zenitsu é um rapaz que tem medo de tudo e uma ansiedade à flor da pele que acabou se tornando um caçador de demônios para provar seu valor, especialmente para o seu avô. Sua característica mais marcante é que quando está cara a cara com o perigo desmaia e, como se estivesse em um transe, se torna uma pessoa poderosa e determinada, capaz de ir pra cima e derrotar seus inimigos sem medo. Mas quando o derrota, volta do transe e não se lembra de nada.

Inosuke, por sua vez, é um rapaz que se acha o mais forte, o mais destemido e o melhor caçador que o mundo já viu. Usa uma máscara de javali como se fosse parte de um uniforme de super-heroi, pronto para enfrentar qualquer coisa. Só que ele é um tanto quanto muito cabeça dura e volta e meia lá vai Tanjiro ajudar seu amigo.

Está para estrear amanhã, aqui no Brasil, o filme que dá continuação a história e já vi notícias que ele se tornou o anime de maior bilheteria, atingindo US$ 442,81 milhões, conseguindo superar A Viagem de Chihiro, de 2001, que detinha o recorde até então.

Se você ficou na curiosidade em descobrir por que Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba conquistou uma legião de fãs ao redor do mundo, sugiro adicionar o anime na sua lista do Netflix. Tenho a sensação que você também vai maratonar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *