A Torre Negra

mmPostado por

Anteriormente comentei do livro Sobre a Escrita, de Stephen King, e depois de ter terminado, além de ter sido de grande ajuda no desenvolvimento do meu futuro livro de ficção, fiquei um tanto quanto curiosa em conhecer mais sobre as obras deste autor. Continuo não curtindo o gênero terror mas vi que ele tem outros títulos que não seguem 100% esse estilo, dentre eles A Torre Negra.

Achei a trama interessante e descobri que tem um filme deste livro, lançado em 2017, na grande da Netflix. Claro que selecionei, preparei a pipoca e fui assistir.

imagem: divulgação

Sobre o que é o filme A Torre Negra

Confesso que mesmo não seguindo o estilo terror, já levei um susto ao saber que A Torre Negra é uma série de 8 livros e que seria um mistura entre faroeste, ficção científica e terror. O filme, em questão, estrelado por Idris Elba e Matthew McConaughey não carrega tanto o terror assustadoramente falando mas você consegue ver a mente de Stephen King lá.

A história gira em torno de dois personagens: Jake e o Pistoleiro. Jake é um menino que mora em Nova York e tem tido pesadelos recorrentes com o mesmo tema. Nos seus sonhos ele vê crianças sendo criadas em uma espécie da fazenda e que quando os adultos acham que uma já está pronta, eles a levam para um laboratório onde um aparelho é conectado à sua cabeça e sua energia é sugada para destruir uma torre. Nesses sonhos os adultos têm cicatrizes na pele que parecem que são costuras, onde Jake consegue ver que, na verdade, são criaturas horrendas disfarçadas de seres humanos. Essas criaturas são comandadas por um poderoso feiticeiro.

Após um grande terremoto Jake começa a ver essas criaturas na vida real e fica muito apavorado. Em seus últimos sonhos ele testemunha uma luta entre esse feiticeiro e o Pistoleiro, que seria uma espécie de guardião dessa torre, e que uma casa abandonada, perto de onde mora, teria alguma ligação com tudo isso.

Depois de fugir de funcionários de um instituto psiquiátrico, que iriam levá-lo para tratamento a pedido da mãe, ele encontra essa casa e descobre que é a passagem de um portal para um mundo paralelo, onde ele encontra o Pistoleiro e descobre que seus sonhos são reais.

O feiticeiro que destruir a torre porque ela é a proteção da Terra contra a entrada de criaturas não pertencentes ao planeta, incluindo demônios, que é o que o feiticeiro quer. Ele tem como missão tornar a Terra um lugar de domínio desses demônios, exterminando toda a humanidade que aqui vive. Cabe a Jake, que tem poderes sobrenaturais que até o momento ele desconhecia, e ao Pistoleiro impedirem que isso aconteça.

O que eu achei do filme

Para ser sincera eu não sei o filme A Torre Negra agradaria aos fãs mais tradicionais de Stephen King, por focar mais na parte da ficção científica do que no terror. O começo eu achei um pouco lento, com os atores atuando de forma muito caricata mas no decorrer do filme eu tive a sensação que os atores encontraram o propósito da história e ficou tudo mais natural.

Também achei que ele apresentou algumas falhas, como na cena em que a mãe fala para Jake ir com os funcionários do instituto de psiquiatria. Eles simplesmente apareceram do nada e ela aceitou tudo o que disseram, sem ao menos averiguar mais sobre a empresa em questão.

Mas, no geral, A Torre Negra é um filme que prende a sua atenção. Você fica torcendo para que Jake consiga impedir a vinda dos demônios para a Terra e acha que o Pistoleiro é um bom mestre para esse herói. O filme também contou como ponto positivo, para mim, a vontade que fez de comprar todos os livros da série (que já estão na minha lista de livros para ler).

Assista à A Torre Negra e tirem suas próprias conclusões.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *