Tour pelas minhas prateleiras: #EuCurti

mmPostado por

Quem tem o costuma de ver vídeos do YouTube já deve ter encontrado um “Tour pela alguma parte da casa de alguém”. De “Tour pelo minha penteadeira de maquiagem” a “Tour pelo meu homeoffice”, de um tudo você vai achar. E agora tem mais um para a lista: o Tour pelas minhas prateleiras!

Tour pelas minhas prateleiras

Eu já estava na saga de arrumar uma prateleira para o meu quarto há muito tempo e quando finalmente encontrei e arrumei tudo no lugar, deu um orgulho ver tudo lá, bonitinho, e uma vontade de mostrar para o mundo apareceu. Então convido você a um tour pelas minhas prateleiras.

Tour pelas minhas prateleiras

Tudo começou com alguns bonequinhos que estavam sendo lançados no McLanche Feliz. Quando vi, já estava com alguns muitos. Também fui a alguns eventos e festas que tinham uns copos lindos e quando vi, já estava com alguns muitos. Eu estava com um dó de vê-los colocados em um canto dentro do armário e daí veio a vontade de comprar umas prateleiras.

Tour pelas minhas prateleiras

Eu ia ver com um marceneiro mas fui protelando  até que pensei: vamos ser práticas e comprar prateleiras prontas mesmo. Saí a procurar na internet até que encontrei duas na Leroy Merlin que gostei bastante e voilà! Tinha um lugar pra exibir esses bibelôs.

Os bonequinhos

Sabemos que o McLanche Feliz é destinado às crianças mas eu de vez em quando assisto ainda a um desenho animado e jogo um video game. Os primeiros a chegar foram os Minions por conta do filme de mesmo nome que vi mesmo tendo lá meus 30 anos. Depois vieram o Yoshi e o cogumelo do Mario Bros e esses foram a nostalgia de quando eu jogava quando era criança.

Tour pelas minhas prateleiras

Em seguida Finn, Jake e a Princesa Jujuba do desenho A Hora de Aventura que confesso que comprei pela empolgação da galera do trabalho porque eu não assisto muito a esse desenho. Mas Darwin e Gumball, do Incrível Mundo de Gumball eu assistia e eles não poderiam faltar na minha coleção. É o desenho mais non sense e divertido que tinha visto há muito tempo. Para completar a coleção, por enquanto, temos Snoopy e Charlie Brown que tem um lugar especial no meu coração.

Tour pelas minhas prateleiras

Agora estou começando um de Funk Pop. Esses bonequinhos dos olhinhos pretos são tão fofinhos que não resisti. Comecei com a Sininho e com Tuxedo Mask, o par romântico da Serena, do desenho Sailor Moon que era uns dos meus favoritos na infância. Pretendo comprar a Serena mas só tenho encontrado exemplares a preços bem salgados….

Os copos

Nunca achei que começaria uma coleção de copos. O primeiro eu comprei na festa de 1 ano do Malha, que é um espaço dedicado à impulsionar a nova economia criativa carioca. O segundo veio em workshop que fiz na Perestroika, que é uma escola criativa sensacional!

Tour pelas minhas prateleiras

Depois comprei um copinho bem charmoso na festa de 20 anos da Farm. Foi um evento bem bacana que aconteceu no Arpoador que além de desfile, contou com vários shows musicais pela orla. Em seguida veio o copo do ColaborAmerica, um projeto bem interessante que mistura tecnologia, sustentabilidade e responsabilidade social.

O último eu comprei de um loja mesmo, chamada La Fruteria. É um espaço lá em Ipanema dedicado à alimentação saudável e onde você encontra frutas, comidinhas, sobremesas, doces e até a parte de decoração com flores lindas. O copo na verdade é um vasinho mas acho que pode servir de copo também se você estiver com uma baita sede. Achei a mensagem tão bonita que tive que levar pra casa.

Os livros

Tour pelas minhas prateleiras

Como sobrou um espaço grande resolvi completar com uma parte importante da minha vida: a literatura. Entre as prateleiras estão alguns dos meus livros preferidos como Sherlock Holmes, o Diário da Princesa, Rei Arthur e alguns títulos que foram importantes para minha formação profissional como Marketing na Era Digital, de Martha Gabriel, Cibercultura, de Pierre Lévy e Vai Lá e Faz, de Thiago Mattos.

Tour pelas minhas prateleiras

O resultado dessa junção toda até que ficou bem harmonioso. Fez o quarto ganhar um ar ainda mais personalizado e sempre que olho para a prateleira lembro dos momentos legais que cada um desses objetos trouxeram pra mim.

E você? Que histórias têm na sua prateleira?

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão com *