A Era dos Games no Village Mall: #EuFui

mmPostado por

Com a tecnologia fazendo cada vez mais parte do nosso cotidiano é mais que natural que os video games se tornariam parte de nosso cotidiano do ócio. O jogo eletrônico hoje já virou até brincadeira de gente grande com campeonatos que lotam estádios e até com a possibilidade de virar uma categoria olímpica para os jogos de Paris, em 2024.

Quando eu era criança, lá pelos anos 90, costumava jogar Super Mario, Street Fighter e Sonic com minha irmã e primos. Depois, na adolescência, veio o CD-Rom, que rodava games no computador, e Tomb Raider estava lá presente no meu porta-cds. Ao descobrir que o Village Mall, aqui no Rio, traria uma exposição contado a história dos video games, desde seu comecinho, a nostalgia falou mais alto e tive que ir para conferir.

Primeiros video games - A Era dos Games

Batizada aqui no Brasil de A Era dos Games, a exposição idealizada pelo Barbican Centre de Londres, e que já percorreu mais de 30 países, chega por aqui com mais de 150 exemplares. O mais legal, e que fiquei que nem uma criança por lá, é que você pode jogar todos. TODOS!

Logo na entrada você dá de cara com algumas das primeiras versões de aparelhos para jogos eletrônicos, da década de 60, e um dos primeiros games de grande sucesso: o Pong.

Desenvolvido pela Atari, no começo da década de 70, a proposta deste jogo seria simular uma partida de ping pong. Com algumas melhorias feitas por engenheiros e pelo próprio dono da Atari, na época, o Pong foi lançado e se tornou o primeiro video game lucrativo da história.

A boa sacada da equipe foi instalar esses jogos em bares e outros lugares onde pessoas pudessem jogar juntas. Então, em um piscar de olhos, os fliperamas acabaram conquistando os Estados Unidos e fazendo parte da infância de muitas pessoas da década de 70, 80 e 90. E fliperama não faltou pela exposição. Tinha a primeira versão de Donkey Kong (quando Mario nem era tão famoso assim), em formato de carros para jogar uma corrida em dupla, entre muitos outros.

Do fliperama para os consoles foi também um pulo tecnológico. Eu particularmente quis conhecer um pouquinho mais da história da Nintendo e da Sega, duas empresas que foram responsáveis por trazer tantos jogos incríveis como Super Mario Bros, Donkey Kong e Sonic.

A história da Nintendo começa em 1889 (sim, em 1889, escrevi certo 😂) quando era uma fábrica que produzia cartas para baralho. Em 1966 desenvolvem seu primeiro brinquedo mas é na década de 70 que eles dão um passo rumo aos games de fato com a criação de seu primeiro console.

Durante a década de 80 eles expandem o seu negócio com a criação de games portáteis em LCD e passam a dominar o mercado. Só que com o sucesso americano do Atari eles decidem entrar nos EUA e no mundo com um novo nome: Nintendo Entertainment System (NES) e um jogo que transformaria a empresa para sempre: o Super Mario Brothers.

Já a saga da Sega começa um pouco depois, no final da década de 50 com a junção de duas das maiores empresas de fliperamas do Japão, na época. Comandada por um norte-americano, a Sega lançou o primeiro fliperama eletromecânico chamado Periscope, que se tornou muito popular no Japão. Com a ascensão dos video games no começo da década de 80, a empresa até lança alguns consoles que não fizeram tanto sucesso.

Somente em 1988 com o lançamento do Megadrive, em 16 bits, a Sega conquista uma fatia mundial importante neste mercado. Ainda mais com o surgimento de outro jogo, que teve tanto impacto quanto o Super Mario Bros: o Sonic, the Hedgehog. Nos anos seguintes, infelizmente, a Sega não alcançou o mesmo sucesso e em 2002 decide fechar a fabricação de consoles, transformando-se em um distribuidor de jogos para PC e iOS.

Foi um tarde onde pude conhecer um pouco mais da história dos video game e ver como esse negócio, que hoje movimenta quase100 billhões de dólares pelo mundo todo, anualmente, chegou aonde chegou. Claro que também não perdi a oportunidade de passar um bom tempo jogando muito e observando crianças e adolescentes de hoje se divertindo com jogos da época de seus pais, junto com eles. ☺️

Para quem estiver no Rio e quiser se aventurar nessa exposição, ela permanecerá no Village Mall até dia 25 de fevereiro e o ingresso é R$20 (inteira).

Para maiores informações, acessem o site do shopping e aperte o play! 😉

One comment

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão com *